quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Estados de alma


Sinto-me um ai-ai. Basta olhar para mim e compreenderão o meu estado.

10 comentários:

Álvaro disse...

É por causa das chamussas que fazem mal ao figado

Blimunda disse...

Porquê Saphou?
Não sabe ainda que de nada lhe serve ser um ai-ai?
Não sabe ainda que ninguém se compadecerá com os seus lamentos?
Não sabe ainda que ninguém, como você, sofrerá com o seu ai-ai?
Não sabe ainda que ser ai-ai não mudará a sua vida senão para pior?
Não sabe ainda que os outros desistirão de olhar para si para lhe compreender o estado?


Diga basta, Saphou!
Mostre-lhes a fortaleza adormecida. Eu sei que ela está aí. Abra postigos e janelas. Deixe entrar o sol, ou a chuva, tanto faz. Mas deixe entrar e molhe-se para depois se enxugar e enxugue-se para depois se molhar. Que se lixe! Mas caramba faça-o! Por si e por mim.

Blimunda disse...

Saphouuuuuuu...não me deixe nesta angústia, porra! Onde é que anda?

eug disse...

Pior é em GAZA

eug disse...

http://www.uruknet.info/?p=s9083&s1=h1&l=i

13 gennaio 2009

Gerusalemme - Infopal. "Gaza come Hiroshima...". Se questa allusione nucleare fosse stata pronunciata dal presidente iraniano Ahmedinejad o dal capo dell'Ufficio politico di Hamas, Mesha'al, le redazioni giornalistiche sarebbero andate in fibrillazione e i nostri politici-cortigiani avrebbero gridato "al terrorista!". Ma le ha pronunciate un israeliano, e, per quanto sia un terrorista, come i suoi colleghi criminali di guerra Livni-Barak e Olmert, nessuno trova niente da eccepire.

Oggi, Avigdor Lieberman, presidente del partito fondamentalista "Israel Beitena", ha offerto alla platea degli studenti dell’università Bar Ilan la sua "soluzione" alla guerra in corso contro la Striscia: "Il popolo di Israele non sarà sicuro finché Hamas governa la Striscia di Gaza. Dobbiamo proseguire la guerra fino alla sua distruzione. Dobbiamo fare esattamente ciò che fecero gli Stati Uniti d’America con il Giappone durante la Seconda guerra mondiale, così non ci sarà bisogno di occupare Gaza".

Secondo quanto ha riportato il sito del giornale israeliano "Maariv", Lieberman ha invitato a lanciare una bomba atomica contro la Striscia di Gaza, in modo da distruggerla completamente e porre fine al "problema".

saphou disse...

Blimunda, estou aqui. Tem toda a razão. Não a conheço mas já a sinto como uma amiga de sempre. Obrigada por me chamar à razão. O Eug tb faz isso muitas vezes, desde há muitos anos. Obd aos dois

Blimunda disse...

Até que enfim............

Blimunda disse...

Está proibida de voltar a assustar-me, ouviu?!!!

Mofina Mendes disse...

Saphou, ai ai ai...

Cuidado, ainda faço outro forrobodó!

eug disse...

PESSIMISMO

http://atoouefeito.com.br/pessimismo.html