terça-feira, 26 de maio de 2009

Fui buscá-lo à escola,

excepcionalmente, não trazia o colega do costume para a boleia. Eu disse:
-vai ser um momento agradável mãe e filho.
-Pois, pois, retorquiu, com ar de superioridade.
Fomos logo parados por uma grua que fazia manobras na estrada estreita, para a construção de uma série de vivendas geminadas mesmo em frente à escola.
-Faz de deus do trânsito, e abre os caminhos, disse eu no gozo.
-Eu já sou deus, não preciso disto para nada. Tenho o meu povo.
-És deus?
-Sou, e o mais divertido é que tanto posso alimentar o meu povo como atirar-lhe com troncos de árvores para cima, ou raios, ou inundar tudo.
- Tenho que dizer ao Funes, ele quer ser deus.
-Diz-lhe que o teu filho já é deus. Se ele quiser ser, que compre o jogo.
-Como se chama?
-Black and White II
-Isso parece-me uma marca de Whisky.
-Não. Black, se fores um deus mau, White, se fores bom.
-Mas então és um deus mau?
-Não, sou um deus bom ou mau consoante o meu estado de humor. Há também essa terceira possibilidade.
-Isso é mesmo a cara do Funes, tenho que lhe dizer. Quanto custa?
-50 euros.
-Pá, por 50 euros também quero.
-Não, tu não serás deus.
-Ora essa, vou à FNAC e já está.
-Não, aí já não está à venda. Só serás deus se um dia eu quiser fazer-te uma cópia.
-Então serei um deus pirata?
- Que gracinha tão seca. Diz ao Funes para comprar o Black and White II, o I não presta. Ele que procure no e-Bay, porque o jogo já é antigo.
-Já agora, porque é que Funes pode ser deus e e não?
Fiquei sem resposta, entretanto tinhamos chegado e ele saiu.

10 comentários:

jg disse...

A esta menina passa-lhe a dor de cabeça e vai de postar por atacado.
Esta graxa toda no Paulo Rangel, cheira-me a eventual futuro proveito.
Ai e tal, Paulinho querido, não precisas de uma chefe d gabinete e tal...
Depois o Bastonário bufa por todos os poros... e com razão!!!

saphou disse...

Jg, o ministério está todo tomado pelos Advogados e Consultores do escritório onde PR começou a subir,então militando no CDS/PP, pelos amigos de infância de PR, pelo presidente da ERC e seus assessores, e pelos novos amigos de Paulo Rangel. Até o tipo que lhe faz as dietas há-de ter um lugarzito.
Curioso, PR! Às tantas vai directo para Presidente da República. Esta coisa dos nomes não é para brincadeiras

Blimunda disse...

Caraças, que é que fez ao post das Joaninhas, Saphou? Comeu-me um comentário, pá!

saphou disse...

Já o reponho! Pode colocar o comentário outra vez? Desculpe, não tinha visto.

saphou disse...

A culpa foi do JG.

Blimunda disse...

A culpa é sempre do JG, esse...esse galo cacarejante!

privada disse...

Saphou não se admire se daqui a meia duzia de anos tiver um sobrinho na India a aprender Karaté.

Funes, o memorioso disse...

Esclareça o infante que ele não é deus nenhum. É um mero demiurgo. Prova disso mesmo, é que eu posso chegar aí a casa e destruir-lhe o CD ou o ficheiro ou lá isso onde ele tem o jogo. E depois? Onde fica o poder divino dele? Ou será que ele é um deus com backup?
Também já fui um demiurgo desse género, quando, no quintal da minha avó, reclamava ser o deus das formigas e decidia deixá-las viver ou afogá-las sob jarros de água que lhes jogava.
Agora sou deus.

Anónimo disse...

Funes é um deus mau. Diga isso à criança.

saphou disse...

É um deus com backups.