domingo, 1 de fevereiro de 2009

Saphou ibérica volta ao tema

O Presidente de la Junta de Extremadura, Guillermo Fernández Vara, está próximo da opinião que descrevi uns posts abaixo, embora não nos queira anexar, nem lhe competiria. Esteve em Portugal numa Cimeira para estreitar as relações entre Portugal e Extremadura e disse que se sentiu em casa, muito mais do que em outras zonas de Espanha. Há uma afinidade especial entre a Extermadura, o Alentejo e o centro de Portugal, assim como com Portugal em geral. Afinidade que também tem a Galiza, Castilha-Leon e Andaluzia, por exemplo. Zamora, com o TGV (se vier a existir!), ficará a uma hora de Lisboa e duas de Madrid. Na Europa, só vamos a algum lado numa Europa de Regiões, por isso fala já em ibéricos e não em portugueses ou espanhóis. Acrescentou, que tudo fará para que na Extremadura o português seja a segunda língua mais falada. E que esta união é necessária para bem da geração em que se incluem já os nosso filhos. Cinco Puntos! (in, Pontos de Vista, Sic Notícias).

10 comentários:

eug disse...

Acho bobagem escolher portugues como segunda língua.

Melhor seria alemão ou inglês.

Acredito que espanhol tem mais alcance que portugues, mas essa eles já falam.

Ninguém fala portugues (além de portugal, brasil e mais dois ou três lugares insignificantes)...

Espanhol se já não é, está para ser a segunda língua do império (USA)...

saphou disse...

Hombre, inglês já todos falam por aqui!Já é 1ª língua, a par com o português. Aliás, aqui em casa parecemos emigrantes da África do Sul.

patricia m. disse...

Eu sou a favor da Iberia unida, e mais ainda, sou a favor da entrada do Brasil na UE. Qualé, somos muito mais europeus que os turcos!!

saphou disse...

À grande Patrícia! Acho muito bem.
O porco-bola, por exemplo, já é um sucesso ibérico, como se pode ver no blog: criado por Agatha Ruiz de La Prada e apadrinhado por Cristiano Ronaldo, é objecto de cobiça entre os bloggers.

eug disse...

"Qualé, somos muito mais europeus que os turcos!!"

Ah, isso é uma verdade.

Tudo o que não prestava de portugal e da europa veio trasmitir seu dna aqui...
:(

Funes, o memorioso disse...

Quero um porco-bola!
E também quero que o Brasil entre na UE, para poder ter um tatu-bola.

nieves disse...

o inglês e a 1ª língua estrangeira no ensino oficial espanhol. O que está a dizer o presidente da Junta de Extremadura é o português como 2ª língua estrangeira. Agora é o francês, mas é um assunto difícil a troca do francês pelo português porque há muitos professores de francês no ensino oficial e não há novas vagas para professores de português. O ensino do português na Extremadura agora se faz nas escolas de línguas ou com os cursos de 90 horas ou 40 horas do GIT (gabinete de iniciativas transfronterizas.

saphou disse...

Obrigada pelo esclarecimento nieves.

saphou disse...

Aqui os alunos já podem escolher, como 3ª língua, francês, alemão ou castelhano. A 2ª língua é o inglês.

patricia m. disse...

Funes, o tatu-bola é showwwww! Eu viva brincando com eles quando era guria la em Minas!!!! Showwwww!