terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Statements

Detesto o uso sistemático de frases muito populares no meio futebolístico contendo "e, quando assim é,..." Ilustremos com exemplos:
Diz o Bruno Alves: "o Benfica está em segundo lugar e, quando assim é, temos nos acautelar, e quando assim é, há que ganhar ânimo e sair a jogar, pois, quando assim é, marcamos golos".
Diz o João Pinto: "a nossa selecção está uma merda e, quando assim é, é difícil apurarmo-nos para qualquer mundial e, quando assim é, será melhor não pôr lá os pés, mesmo que por milagre sejamos apurados. Há que manter o fair play no futebol e,quando assim é, um jogador não pode agredir outro" (para o João Pinto só vale agredir árbitros, ou então tem Alhzeimer).
Diz uma ex do Bola de Ouro mais vaidoso e grunho do futebol: "O Cristiano Ronaldo tem espelhos por toda a casa e, quando assim é, tem que olhar para si próprio e, quando assim é, repete 60 minutos por hora "eu sou tão belo e bom", e, quando assim é, põe creme no corpo todo duas vezes por dia e, quando assim é, telefona à mãe para ver se ela aprova as namoradas e, quando assim é, elas estão tramadas porque nenhuma sogra, de direito ou de facto, gosta da nora, ou pseudonora".
E, quando assim é, este post não faz sentido nenhum, mas apeteceu-me. E, quando assim é, estou-me nas tintas para os comentários.

3 comentários:

hasre disse...

hehehe... já viu a trabalheira toda que teve há uns posts atrás para escreve uma história em calão e ninguém fez um merecido comment? 5 points saphou (en français).

Blimunda disse...

Mas o meio futebolístico é rico em statements e sucedâneos dogénero literário e, quando assim é, o melhor é fazer ouvidos de mercador para não atirar com a porra do tacho à televisão.

saphou disse...

Hasre tem razão, o post do calão deu-me uma trabalheira e é uma pérola. Zero comments