sábado, 9 de maio de 2015

Os likes no  Facebook:

Os likes são um fenómeno. Um tipo mete um cão ou um gato tem milhares de likes. Se for bem relacionado, até basta dizer olá. Um tipo que até se esforça e escreve bem e tal ,,, mas não é um insider, seja da política ou do local, não leva com like nenhum, mesmo que seja genial. Os likes são massajar o ego dos outros ou o próprio ego no mundo virtual. Como sou budista em evolução quero livrar-me dos likes. Como defensora da igualdade de direitos, e contra o factor cunha ou lambe botas, sou contra os likes porque são discriminatórios. Os likes são o espelho do compadrio, das influências político-económicas ou das "amizades". Alguém de boas famílias, nascida num local privilegiado e que nunca saiu daí, basta dizer: que linda saia! para atingir os 90 e tal likes. O nómada genial está lixado. Não embarco na barca dos likes. Gil Vicente também não, só há barca do paraíso ou do inferno. NÃO ME COLOQUEM LIKES. ESTE É UM MANIFESTO ANTI-LIKES.


2 comentários:

Anónimo disse...

e eu sem saber que tu andavas por aqui :)
Um dia destes volto
Minucha

eug disse...

I liked it!!!!
:-)