sexta-feira, 15 de maio de 2009

Acordei com um pensamento feliz

Laurinda Alves e Funes dariam um belo casal. Talvez até melhor do que o casal Arlindo do Rego e Zita Seabra, ou Jorge C. e Ana Drago.

8 comentários:

jorge c. disse...

Eu concordo em absoluto!

Blimunda disse...

Mas porquê Saphou? Não me diga que a Laurindinha também se esquece das calças em tudo quanto é estação boteco?

Funes, o memorioso disse...

Bem, pelo menos sou mais feliz do que o Arlindo e o Jorge C.
Ana Drago é exactamente o tipo de mulher que tem tudo para eu a odiar: ideias simples, primárias, banais e erradas que ela ejacula como se fossem o fruto de um orgasmo de inteligência e o ar de quem ignora que o seu corpo é o de uma lambisgóia flausina e se imagina senhora de formas fatais e irresistivelmente avassaladoras.
Zita Seabra, coitada. Nem digna é de um comentário.
A Laurinda, ao menos, tem o ar de quem passa o tempo a ver os programas da Oprah e não me chateia.

Funes, o memorioso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cabelos Brancos disse...

A Laurinda tb é muito sonsa, sem sal nem azeite...

jorge c. disse...

Funes, a última coisa em que eu penso quando olho para a Ana Drago é nas suas ideias! E quanto a corpos, bem, a si calhou-lhe a Laurinda Alves que você teve a amabilidade de não descrever.

rps disse...

A Laurinda é um doce. Parece.

Anónimo disse...

Quem cala consente. AR deve adorar Zita Seabra.