quarta-feira, 1 de abril de 2009

Toca a ver

Jorge Coelhone na Sic Notícias, o CEO da Mota-Engil. Respeitinho e silêncio. Aprendam que o que mais importa a Coelhone é a sinergia com o Engenheiro Mota e as irmãs (que têm 60% do capital) dada a amizade que os une, o ordenado não tem nada a ver. Apreciei o uso do termo sinergia. Também gostei da frontalidade com que disse ser amigo de Dias Loureiro, independentemente do que possa vir a apurar-se. É assim que se conhecem os amigos. Embora também haja aquele ditado ingrato: "Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és". Jorge Coelhone é muito amigo de Guterres (el Mexicano) e de Sócgates (o santo padroeiro da mentira, recém canonizado pelo vice-deus), para além de ser amigo de infância do já mencionado Conselheiro de Estado (dado a desconhecer Puerto Rico e a outras amnésias). É chato isto. Mas Coelhone é um tipo simpático, sobretudo pela pronúncia axim.

3 comentários:

BOCA SANTA disse...

O jorge é um vigarista prazenteiro.
O isaltino, é outro que tal

Vigarista que ri, burla que medra

Funes, o memorioso disse...

O homem pode ter todos os defeitos do mundo, mas se não renegou a amizade de um tipo caído em desgraça, não é um filho da puta.

amiguinho disse...

Apoiado!