sexta-feira, 13 de março de 2009

Respondendo em tempo recorde ao desafio de Funes, o parocata (4)


Adívnia - 1. Arte latina de adivinhação, do latim advinius. Origem: conta-se que a deusa Advínia, febril com as ausências do seu marido Prómiculus, um dia teve uma visão no leite de burra em que se banhava, vendo-o com três escravas numa orgia. Tomou uma adaga e entrou com uma força sobrenatural no aposento marital, cortando a cabeça a Prómiculus e libertando as escravas, desde que fossem habitar longe. Hoje muitos latinos se dedicam à advínia. Eu própria sou mestre nesta arte. Se quiserem o meu contacto é só pedir, basta fornecerem o leite de burra. 2. Nome próprio feminino israelita. Ex: Adívina, para de brincar ao atira rockets aos Nenucos.
.....
Esberifético -1. Objecto com os beiços ou bordas partidos e formas circulares; o mesmo que feito em cacos. 2. Homem profundamente deprimido. Ex1: Deu-lhe um ataque de raiva e transformou os pratos em esberiféticos. Ex 2: Desde que Sócgates lhe recusou um aperto de mão, Amado está esberifético.
.....
Imparaplécia -1. Parasita que se aloja nos intestinos, causando cólicas, diarreia e emagrecimento; o mesmo que bicha-solitária ou ténia; 2. Em sentido figurado: homossexual do género masculino sem companheiro 3. Imbecil. Ex1: A imparaplécia foi descoberta através da ecografia; Ex2: O Dick é uma imparaplécia, não arranja ninguém que o satisfaça. Ex3: Esta imparaplécia nem é capaz de marcar um golo, não sei porque lhe chamam ponta-de-lança.
.....
Parocata (ou parócata, como dizem os parolos): 1. Pacata 2. Parada, estagnada. 3. Afónico 4. Em sentido figurado: patarata. Ex1: A Marisela está muito parocata, deste-lhe um xanax muito forte. Ex2: A água do mar está muito parocata, deve estar a preparar-se um tsunami; Ex3: Comprei um papagaio, mas vou devolvê-lo porque fui enganada, em vez de repetir Porto allez, está parocata. Ex4: É preciso ser muio parocata para responder aos desafios de Funes.
.....
Taréfula: Do latim tarefulum. 1. Tipo de begónia com um cheiro fétido, muito comum nos talhos. Se ingerida, é mortal. 2. Mulher dedicada às artes da bruxaria a partir da confecção de mézinhas Origem: conta-se que a deusa celta Arduina, habitante das florestas de Cymru, profundamente carnívora, se alimentava envenando as presas com ervas e fungos que misturava e cozia, atraindo-os com os seus cânticos hipnóticos para manjares deliciosos. Depois de orgasmos que chegavam a durar trinta minutos, os animais morriam felizes, tornando a sua carne mais saborosa. Ex1: Envenenou a sogra com folhas de taréfula esmagadas, convencendo-a de que era esparregado. Ex2: Se lhe queres lançar um mau olhado de que não se livra, indico-te uma taréfula muito boa em Mogofores de Cima.
Nota: o ponto de interrogação expressa apenas dúvida acerca da planta ou da bruxa: Ex1: será uma begónia vulgaris ou uma taréfula? A bruxa de Mogofores é mesmo taréfula?

7 comentários:

hashre disse...

Pá, dêem-lhe um lugar no pódium! Dass para tanta imaginação. Sou seu escravo, mas não me tarefule.

amiguinho fdp disse...

Eu quero ser tarefulado pela Bruxa. Só por causa do orgasmo de 30 minutos com a mézinha.

privada disse...

off topic pense naqueles que gostam de ver semanalmente os blogs, abrem o sitio, ta ta ata ate ao fim da semana, no seu só se podem lere post de ontem, tá mal pensado

claras manhãs disse...

gargalhada

É preciso conhecer bem a mente retorcida do Vice-Deus!

saphou disse...

Claras, o tipo é tolo e eu ainda mais dar-lhe corda.

Privada, porque é que não clica em mensagens antigas? Ou indique-me como fazer o arquivo. Agradeço.

Ustiory disse...

A gaja é um génio!

Bexigoso de Meia Idade disse...

Ao menos o Funes podia vir aqui dizer qualquer coisinha, nem que fosse para o bota abaixo. Xiça, depois deste trabalho, é o mínimo.