sábado, 7 de março de 2009

Magalhanês

Então colocam um português, emigrante em França com a 4º classe, a traduzir parte do software do Magalhães? Não se poupam a esforços para maximizar o lucro.
É o que se chama um programa de jogos verdadeiramente educativo: os pais juntam-se aos filhos em tempo de qualidade e descobrem os erros de ortografia e sintaxe. Os professores, coitados, é que desesperam enquanto esperam que o software que atingiu cerca de 200.000 criancinhas seja retirado. A merda do hardware foi superada pelo software de merda.
É claro que a Ministra do casaco castanho se demarca porque "não podemos controlar tudo". O Governo não tem culpa de nada. Todos os ministros, a começar pelo Sócgates, são inimputáveis.
Deviam ser objecto de medidas de segurança exemplares.
...
Oh! foram tão eficientes....E a JP Sá Couto estava a dar uma mega festa tão in ontem à noite junto ao Castelo do Queijo. Assim, sem mais nem porquê, estragam-lhes a festarola? Afinal, falar português correcto não serve para nada, como demonstra a pujança da JP Sá Couto. Quanto mais analfabeto, mais in, ouvistes tio Jorge Pedreira? Não pregues petas ao people, que nós não somos burros, muito menos como pedras, e temos muitas para te atirar, apesar de seres dono da pedreira.

4 comentários:

Funes, o memorioso disse...

Passo por aqui, só para provar que nada me escapa.

AR, o verdadeiro disse...

O AR sou eu, não esse flibusteiro que se passa por Funes, remete para um bébé com uma pila defeituosa, e diz que ele é que é o AR.

Mofina Mendes disse...

Nunca fui emigrante na França, atenção! Quanto ao rêsto, o jg pode cumfirmar.

amiguinho sacaninha disse...

Nã s'amofine mofina, nós sabemos que não foi vc, mas sim o jg