terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Já não chegava o carjacking, agora temos o drink spiking a acompanhar

Minha Senhora, está farta da monotonia de ser dona de casa? O seu marido não lhe dá dinheiro, nem para os alfinetes? Não se sente amada? Quer entrar no mundo da aventura?
Somos uma empresa de e-learning na área da criminalidade pouco grave e temos a solução para si. Basta que tenha conhecimentos razoáveis sobre computadores na óptica do utilizador, conhecimentos mínimos sobre drogas ou bebidas que moem, mas não matam, um QI razoável, poucos escrúpulos e não se importe, caso a coisa corra mal, de "ir dentro" por uns meses ou andar com uma pulseira electrónica, que dá com qualquer toilete.
O crime que lhe propomos é chique, uma vez que se enquadra na "Sociedade da Informação", implicando o recurso à Internet, permitindo-lhe ir a salas de chat (nada chatas comparadas com passar a roupa a ferro) e no seu método inclui o recurso a modos de proceder e expressões estrangeiras: o drink spiking não se confunde com aquela coisa pirosa de drogar ou embebedar um tipo até ele não saber o que faz.
Uma sala de chat, um tipo de baixo QI, drink spiking, é diversão garantida e ainda pode ganhar uns trocos. Já para não mencionar o chique de num só crime recorrer a duas expressões inglesas. Já imaginou como as amigas se vão roer de inveja?

Não hesite, contacte-nos.

O JN exemplifica como é.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1134881

5 comentários:

patricia m. disse...

Saphou, a galera lá no Brasa tem um nome muito mais interessante: eh o velho "boa noite cinderela", hehehehehe.

Mamae ja avisava ha tempos: cuidado filhinha, numa festa nunca beba de um copo que te oferecerem, pegue sempre da bandeja do garcom.

Sabia mamae!

drink spiker woman disse...

O divertido é serem as mulheres a seduzir os palermas...

saphou disse...

Ao menos no Brasil têm um termo em português. Se agora a moda é pôr a dormir os tipos, como adaptar a expressão? "Boa Noite Pinóquio?"

Blimunda disse...

Não Saphou. "Boa noite Paspalho"

saphou disse...

Boa, Blimunda, é isso mesmo: o crime usará o método "Boa Noite Paspalho". Repare que o tipo nem fala!