terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Obama forever: yes we can.

23 comentários:

saphou disse...

Deus o abençoe, proteja, e ajude. Estou totalmente com ele.

saphou disse...

"The man and the moment have come together"

eug disse...

http://www.davidicke.com/content/view/18281

eug disse...

A terra dos livres e da liberdade!





http://www.daytondailynews.com/n/content/oh/story/news/local/2009/01

eug disse...

http://www.daytondailynews.com/n/content/oh/story/news/local/2009/01/15/pjm011509inaugletter.html?cxtype=rss&cxsvc=7&cxcat=16

eug disse...

http://www.truthdig.com/report/item/20090115_whos_in_charge_obama_the_pentagon_or_israel/

Who’s in Charge—Obama, the Pentagon or Israel?



(...)
Olmert told an Israeli audience that, last Friday, upon hearing of Rice’s position, he immediately telephoned George W. Bush. Told that Bush was delivering an address in Philadelphia, Olmert replied, “I’m not interested,” demanding to speak to Bush. Bush then left his Philadelphia podium and, according to Olmert, the Israeli prime minister instructed the American president that “the U.S. cannot possibly vote in favor of this resolution.” Bush then telephoned Rice and ordered her to abstain from the vote.

That’s Olmert’s story, or Israeli megalomania, presented to the Israelis with pride, but unlikely to be received by Americans with pleasure.

eug disse...

http://rense.com/1.imagesH/swear_dees.jpg

Funes, o memorioso disse...

Eu não salto 2 metros de altura por dizer muitas vezes "yes, I can!".

jorge c. disse...

"Deus o abençoe, proteja, e ajude. Estou totalmente com ele."

Eu também.

Funes, sabe que é fácil desconstruir essa sua observação, não sabe?

Funes, o memorioso disse...

Não, não sei, Jorge C. Como?
A utilização do derridiano verbo "desconstruir" significa que a WOAB já anda a exercer uma má influência sobre si.

jorge c. disse...

Funes, vou humilhá-lo, se me permite.

O Funes diz: "Eu não salto 2 metros de altura por dizer muitas vezes "yes, I can!"."
Ora claro que não, isto é óbvio se o Funes disser isto para todas as pessoas que não se esforçam para conseguir um objectivo ou a impossibilidades físicas.
Na mensagem de Obama está implícito que com esforço e sacrifício qualquer um pode chegar onde a vontade o levar. E não existe nenhuma impossibilidade física.
O Funes não salta 2 metros de altura porque é baixinho e gordinho como eu. Mas o Micheal Jordan saltava porque era preto, alto e o melhor atleta de todos os tempos. Este não só superou algo muito difícil fisicamente como também se esforçou para esse objectivo, em prol do jogo, claro.
Obama trabalhou para estar hoje onde está, onde eu nunca chegarei por ser um preguiçoso e uma besta e por não ser - nem fazer intenções de ser - cidadão americano.
Obama ofereceu uma alternativa coerente, que não passou pela campanha que a esquerdalha fez á sua volta. Um plano económico bem traçado, um plano de saúde orientado na estrutura social-democrata e um plano militar cauteloso. Deu segurança e esperança de superar a crise. Não disse que ia salvar o mundo. Só disse que fazia melhor.

Funes, o memorioso disse...

Ora, Jorge C., é muito fácil desconstruir o seu raciocínio.
Eu tenho a certeza que Obama não é uma besta e que tudo o que diz do seu meritório esforço é verdadeiro.
O que se passa é que o povão que hoje assitiu ao seu entronamento, não quer esforço nenhum. Quer festa. E que Obama lhe resolva os problemas. Dizem todos "yes, we can", extasiam-se com a aborrecida Oprah, leiem "O segredo" e esperam que isso lhe resolva todos os problemas.
Acontece que o esforçado Obama não foi o único a esforçar-se. Por cada mil esforçados, há um que triunfa. E não é por se terem esforçado menos. É por que estavam no lugar certo na hora certa ou, simplesmente, porque não tinham talento.
Eu posso pinchar muitas vezes de cada vez que digo "yes, i can". Talvez chegue aos 65 cm. de altura. Não chegarei nunca aos 2 metros. E, saliento, se chegasse não passava de um banalíssimo pulador que nem numa meia-final Olímpica teria lugar.

Funes, o memorioso disse...

No meu comentário anterior, onde se lê:
"É por que estavam no lugar certo na hora certa ou, simplesmente, porque não tinham talento."

Deve ler-se:

É porque não estavam no lugar certo na hora certa ou, simplesmente, porque não tinham talento.

saphou disse...

Onde é que nos quer levar a todos com o seu discurso derrotista? É para ficar mais deprimida, cruzar os braços e não fazer nada? Meter-me na cama o dia todo? Ou há que ter alguma, por mínima que seja, esperança, que nos permita viver com o mínimo de qualidade e ajudar quem depende de nós?
Xiça Funes...todos os dias tento levantar-me. Há dias horríveis. Vou deixar de lutar? este homem é infinitamente mais inteligente, talentoso, trabalhador, confiante, tem uma visão para os EUA, eu acredito nele e na equipa que com ele vai trabalhar.
Se não acreditamos em nada mais vale dar um tiro no focinho acabar de vez com este sofrimento diário.

saphou disse...

E se realmente quiser saltar 2 metros consegue, basta treinar e ter uma merda de uma vara.

saphou disse...

Ou então meta-se numa máquina de tortura e estique-se até ficar muito mais alto.
Desmancha prazeres.

saphou disse...

O mundo parou para ver Obama.Isso não é um indicador potente?

eug disse...

"O mundo parou para ver Obama.Isso não é um indicador potente?"

Indica que o marketing de campanha foi bem executado.

Discurso que hipnotiza a platéia até eu posso fazer, especialmente se tiver uma equipe de ghostwriters.

E, afinal, de concreto o que o gajo falou?

"Yes, we can"

We can o quê, cara pálida? Pagar mais impostos, perder mais empregos, mandar mais soldados para chacinar iraquianos?

Porque, "Yes, we can" não diz nada.
É uma frase de efeito, mas vazia de conteúdo.

E o bordão "change" não passa disso. Um bordão.

Além do mais, qualquer pessoa com mais de dois neurônios sabe que não é o presidente que governa. Ele é só "vitrine".

Quem governa de fato é que não aparece na frente das câmeras de tv.

saphou disse...

Gu e Funes, juntem-se, fazem um belo par de velhos do Restelo!

saphou disse...

Eu quero sonhar, não tenho esse direito Gu? Você sabe melhor do que ninguém a importância disso para uma falhada como eu, à beira do abismo.

eug disse...

"Eu quero sonhar, não tenho esse direito Gu?"

Claro que tem.
E pode escolher com tantas coisas boas. Pq seu sonho tem que depender do que vai acontecer com o novo testa-de-ferro do império?
Não mudará nada. Pelo menos não para melhor.

"Você sabe melhor do que ninguém a importância disso para uma falhada como eu, à beira do abismo."

Alguém já disse uma vez que "Se vc pensa que pode ou se vc pensa que não pode, de qualquer forma vc está certa".

Se vc se rotulou de "falhada", amém, que assim seja...

eug disse...

(...)
Excepts from an interview of Dr. Gail Saltz by Erica Hill, Professor of Psychiatry, New York Presbyterian Hospital, on Anderson Cooper 360, CNN June 7, 2008 22:00 EST speak for themselves.

“Obama used words like "change," "hope," "action." They have high emotional valence, particularly at this time. Clinton used words like "conversation" and "leader," and they didn't have the same emotional valence. And in addition, Obama delivered them with a tremendous inspirational tone.

That also affected things greatly. So yes, I think actually it did play a big role. If you think about it, a campaign is really about PR and marketing. And interestingly, the father of public relations was the nephew of Sigmund Freud. He used those same concepts of the
subconscious.

And that's what we're talking about here. It's not the conscience meaning of the word: it's the unconscious emotion it evokes. Because when it's out of your awareness, it has the ability to make you behave and do certain things that you wouldn't if you knew it was present.
...
I do think Obama really has a special talent in this arena of deciding what words to use with a particular valence.”

Dr. Saltz seams here to strongly suggest that Obama is indeed using subconscious hypnosis techniques in his campaign. However, she only scratches the surface of Obama’s techniques and does not put together the ethical issue of how deceptive and immoral his tactics are.
(...)



http://74.125.47.132/search?q=cache:kT53AIS3SL0J:www.pennypresslv.com/Obama's_Use_of_Hidden_Hypnosis_techniques_in_His_Speeches.pdf+%22An+Examination+of+Obama's+use+of+hidden+hypnosis%22&hl=pt-BR&ct=clnk&cd=1&gl=br

eug disse...

Who Runs America?

http://www.informationclearinghouse.info/article21790.htm